Buscar
  • Criando Crianças Pretas

Foi ele que escreveu a ventania


Tui saía de casa debaixo do sol escaldante. A caminho da escola, se depara com um poema pixado no muro. Ele o copia e logo se lembra do velho livro de poesia no caixote de sua classe. O seu preferido. À noite, fica sabendo pela TV que o poeta do livro havia morrido. Abalado, sonha com o poeta e deseja um dia ser como ele, um fazedor de versos capaz de inventar o frescor e a ventania... O Pulo do Gato: A narrativa é uma homenagem à linguagem poética e ao poeta manoel de barros. texto e ilustrações oferecem sensações sinestésicas: o calor e o inexplicável são representados pelas cores quentes, o frescor e as descobertas pelas cores frias. uma obra que evoca o amor às palavras e ao fazer poético nos livros e na simplicidade do cotidiano.


2 visualizações