Buscar
  • Criando Crianças Pretas

Flora


Cada livro de Bartolomeu Campos de Queirós é sempre um grande encontro. Um encontro entre sentimentos e emoções, entre palavras e imagens poéticas, entre imaginação e realidade. O leitor, independentemente de sua idade, é convidado a desvendar os segredos das coisas mais simples ou a descobrir situações novas, inusitadas. Neste livro não poderia ser diferente. A menina Flora, a protagonista, observa, contempla, admira, respeita e vivencia zelosamente o ciclo da vida. Surpreende-se diante da força da natureza e da importância da terra para cada novo período de gestação. Flora guardava uma paixão secreta pelas sementes. Debruçava sobre os grãos buscando adivinhar o depois. Sabia morar em cada semente uma floresta, árvore, galho, folha, fruto, e sempre. Era preciso apenas paciência para outras vidas serem reinventadas. Cada texto desse escritor mineiro é sempre um convite ao prazer de ler. Ler com a alma, com o coração, com os olhos sensíveis aos mistérios da vida.


15 visualizações